IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ARACAJÚ, MIN.YHAVÉH SHAMÁH.
AV: HERACLITO GUIMARÃES ROLEMBERG, 4790, CONJ. ORLANDO DANTAS-ARACAJÚ-SE



quarta-feira, 19 de agosto de 2009

A INOPERÂNCIA DOS POLITICOS EVANGÉLICOS DO ESTADO DE SERGIPE

Até quando nós estaremos a assistir a inoperância dos vereadores e deputados evangélicos deste estado? Não tem projetos ou se tem algum não presta conta aos eleitores, quando se tem atos públicos em favor de trabalhadores eles não aparecem, nós evangélicos e todos os sergipanos queremos que estes representantes saiam da inoperância. Está semana fiquei muito feliz em ouvir que dois parlamentares, o deputado Gilmar Carvalho e o vereador Emanuel Nascimento que não são evangélicos mais que se preocupam com os fumantes iram apresentar nos seus respectivos parlamento projeto de lei antifumo, lei esta que em vários estados da nação já foram aprovada. Até quando os políticos evangélicos vão dormir no ponto ou vão ficar em cima do muro ou “mornos” nem são quentes e nem frios, lembrem-se que os mornos serão vomitados, apocalipse: 3:16 Assim, porque és morno e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.”. Não sei aonde estar a motivação destes homens que assumem mandatos parlamentares e ficam inerte aos acontecimentos sociais, duvido que eles estejam de olhos adormecidos para a política, pois só pensam na mesma! É hora do povo analisar estes políticos pois não tenho visto nem projetos nem leis que foram feitos por eles. Os parlamentares evangélicos que apresentarem seus projetos de lei aprovados no parlamento, me envie copia que irei divulga-los, para que nós eleitores não fiquemos desinformados. Aqui vai uma dica para os parlamentares evangélicos se vocês tem interesse de ajudar as comunidades façam fórum e reúna a sociedade, estado, igreja, ordem dos advogados do brasil e o ministério publico para promover projetos para melhorar a situação do “SENAM” órgão do estado, e que vive um caos porque a sociedade tem sido cruel para com os nossos jovens, largando em uma unidade prisional e não dando chance para a ressocialização dos mesmos. Temos visto que tem pessoas abnegadas que por sua própria conta tem aberto centro de recuperação e não vemos o apoio do estado, uma parte da igreja já tem feito a sua parte no social mais se tivermos um projetos de todos teremos um estado socializado.

Nenhum comentário: