IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ARACAJÚ, MIN.YHAVÉH SHAMÁH.
AV: HERACLITO GUIMARÃES ROLEMBERG, 4790, CONJ. ORLANDO DANTAS-ARACAJÚ-SE



quarta-feira, 21 de novembro de 2007

O QUE SÃO CÉLULAS?

Algumas igrejas estão organizadas em "células", outras não.Igrejas que têm visão em célula, não estão "erradas". Igrejas que não têm visão em célula, também não estão erradas.O maior principal objetivo da célula, é apenas um: Exaltar o Nome do Senhor.E nenhum ato de exaltação ao Senhor, é considerado errado.Mas, vamos explicar, o que são as "células", o que fazem e para que servem.Mas não se prenda ao fato da igreja ter ou não ter célula.Lembre-se: Mais Jesus e menos religião.O nome célula é usado em virtude de seucrescimento ser similar ao das células de um corpo humano em crescimento. Uma criança cresce pela multiplicação constante das células de seu corpo. A falta de crescimento indica que alguma coisa está errada e necessita de correção. Assim uma Igreja também deve ter crescimento pela multiplicação rápida de suas células e só parar de crescer quando estiver madura e pronta para as bodas do Cordeiro, no arrebatamento. 2. O que são células:São os pequenos grupos se reunindo, nos lares principalmente ou em outros lugares pré-determinados, onde o líder é o que serve coordenando (facilitando) os trabalhos, que contam com a participação de todos, onde estão presentes os fatores a seguir: É um grupo de encontro em comunhão (koinonia) onde podemos abrir os nossos corações para ajudarmos e recebermos ajuda, onde todos se conhecem e se amam. A solidão é um dos grandes males da humanidade e em nossas comunidades também encontramos pessoas solitárias. Vêm aos cultos entram, sentam-se, ouvem, às vezes cantam, outras vezes até recebem orações, levantam-se, vão embora e rapidamente estão vazios e solitários novamente. Em uma célula saudável isso não acontece pois há comunhão entre as pessoas, todas se conhecem e se amam como são. Podemos abrir nossos corações, contar nossas frustrações e anseios para recebermos ajuda ministrando-nos mutuamente, quebrando as fortalezas do "inimigo". Não somos mais anônimos, cumprindo-se o "Amai-vos uns aos outros". É um grupo de exaltação: nós fomos criados para exaltar e adorar a Deus, e sabemos que "Deus habita no meio dos louvores...", e a adoração é levada a todas as partes da cidade através de nossa palavra, orações e cânticos. É um grupo de edificação que estuda a palavra de Deus através de reflexões semanais baseadas na mensagem pastoral do culto de celebração de domingo à noite. São reproduzidas, distribuídas a cada participante e estudadas item a item sob a coordenação do líder e participação de todos. Ao contrário da "Igreja Histórica", todos têm oportunidade de participar. Todos são discipulados em estudos complementares da Palavra semanalmente nas células e no templo em seminários intensivos. É um grupo de evangelismo. Todos se esforçam para levar outras pessoas necessitadas e problemáticas a ouvirem a mensagem de libertação e salvação em Jesus Cristo, nosso Senhor. Todos temos o nosso OIKÓS (família e círculo de amizades) e por eles oramos preparando-nos para levar-lhes a mensagem do amor de Deus. Todos se alegram quando chega a hora de subdividir o grupo pois entendem que o mesmo está cumprindo fielmente a sua finalidade:- a de engrandecer o REINO DE DEUS na terra, abrindo-se mais uma frente onde o Senhor há de atuar. Nessa tarefa um grupo ajuda o outro e todos se ajudam mutuamente em amor. É o cumprimento da "Grande Comissão". Jesus, antes de ascender aos céus, deixou-nos uma grande comissão:- "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura", ou como diz a versão NVI:- "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas" (Marcos 16:15). Os bandidos e marginais gostam muito quando os policiais permanecem em seus quartéis em reuniões, treinamentos, exercícios e serviços burocráticos, pois têm plena liberdade de ação. Quando os policiais desempenham suas funções nas ruas, os "fora-da-lei" são capturados e encarcerados. Assim também acontece com o espiritual, ficamos muitas vezes nos reunindo, treinando, exercitando e orando pedindo a Deus que os pecadores venham para dentro das Igrejas para serem salvos. A Palavra de Deus nos diz para irmos levar a pregação do evangelho lá onde as pessoas estão, sedentas e famintas. Os bandidos (demônios) tremem de medo quando a Igreja cumpre o mandado do Senhor literalmente. Todos já somos capacitados para essa tarefa, temos recebido do Espírito Santo poder do alto para sermos testemunhas verdadeiras do evangelho

Nenhum comentário: